segunda-feira, 29 de agosto de 2016





Para a formação dos hábitos não basta a repetição dos atos, a qual não representa educação.
 O hábito só é durável quando vem de dentro para fora, parte da convicção e da vontade do sujeito.
 O trabalho do educador está em dar à criança a convicção da necessidade e o desejo de realizá-la."
(Monsenhor Álvaro Negromonte - retirado da obra "Corrija o seu filho")